Posts

Top 10: Músicas para entrada do noivo

Hello pessoa, tudo bem?

Hoje trouxe algumas sugestões para a entrada do noivo. Sendo religioso ou não, ele é um dos protagonistas da celebração, portanto, deverá optar por uma canção que, além de ser adequada para o tipo de cerimônia, também expresse, da forma mais fiel possível, o seu amor por sua noiva e a sua gratidão pelos votos que serão firmados entre os dois e testemunhados por seus convidados. Vamos às dicas:

1 – Jesus alegria dos homens  – J.S. Bach

Para os noivinhos mais tradicionais, essa linda obra de Bach é perfeita; um convite à oração e à expressão de louvor a Deus pela felicidade do casal!

2 – Quando Deus criou você – Leonardo Gonçalves e Tatiana Costa

Um clássico das cerimônias evangélicas e uma opção incrível, que traduz a união e o sentido do casamento, quando duas vidas se encontram para viver os sonhos de Deus. “Deus tem sempre um plano pra nós (…) acho que Ele estava pensando em mim, porque me deu mais do que sonhei…”

3 – Simplesmente José – Pe. Fábio de Melo e Eugênio Jorge

Confesso que coloquei esta música na lista, porque foi a escolhida de um amigo para o seu casamento. O Leonardo Sanches, esposo da Mayara Sanches, acertou em cheio na escolha, e como esta canção definiu a essência deles no dia da cerimônia. Para os católicos, José, esposo de Maria, é a figura de um homem sensível à promessa de Deus, que com seu testemunho, inspira aos homens a cumprirem sua missão de estar ao lado de sua esposa, amando, respeitando e ajudando-a a viver os planos de Deus em sua vida.

4 –  Namorando – Grecco

“ Os filhos por aí e você sempre aqui ao lado meu, no fim será só eu, você e Deus…” Mais uma sugestão para os noivinhos católicos. Uma música que fala também sobre a formação de uma nova família, os planos, os filhos e a certeza de que o casal estará junto até o fim, num relacionamento em que Deus é o centro.

5 – Eles se amam – Vocal livre

Conheci esta canção também no casamento de uma amiga e achei de uma ternura incrível. Mais uma opção para os noivinhos evangélicos, um convite a celebração pela união do casal. “ E eles se amam veja o brilho em seu olhar…”

 6 – Perfect – Ed Sheeran

Que o Ed Sheeran é um fofo, todo mundo sabe! Mas além de ser o queridinho do mundo Pop, ele traz à tona uma gama de sentimentos em suas canções. Com perfect, não poderia ser diferente… O que isso tem a ver com casamento? TUDO!! A música fala sobre um homem que encontrou o futuro no olhar de uma mulher que, para ele, é perfeita para estar ao seu lado. “Eu encontrei um amor para carregar mais do que apenas meus segredos, para carregar amor, para carregar nossos filhos […] Querida, apenas segure minha mão, seja minha garota, eu serei seu homem. Eu vejo meu futuro em seus olhos…” Dependendo do local e do tipo de cerimônia, ela pode ser cantada, mas, se não for o caso,  eu também gostaria de sugerir uma versão instrumental; olha que linda essa versão feita pelo violinista Isaac Cainã! Linda, né?

7 – Céu de Santo Amaro – Caetano Veloso e Flávio Venturini

Para o noivinho que curte MPB, a canção é uma ótima opção! Inspirada na Obra Arioso, da Cantata 156, de J.S. Bach, a versão fala da certeza do encontro, a certeza de amar “Olho para o céu, tantas estrelas dizendo da imensidão do universo em nós. A força desse amor nos invadiu então veio a certeza de amar você.” 

8 – Forever – Kiss

Para os roqueiros de plantão, este clássico do finzinho dos anos 80 é uma linda declaração de amor. Fala de um homem que não sente mais vontade de seguir sozinho porque encontrou em sua companheira, um novo sentido para o amor e a certeza de que será eterno. “Porque eu vivi minha vida acreditando que todo amor é cego, mas tudo em você está me dizendo que desta vez é para sempre…”

9 – Duas Metades – Jorge e Mateus

Para o noivinho que curte a nova geração da música sertaneja, essa música é ideal para declarar seu amor e dizer à sua noiva o quanto ela é especial, falar das perspectivas do relacionamento e do quanto ela o faz se sentir completo. “Preenche a vida vazia, manda embora a agonia e que é dona do meu coração, é você…”

 10 – Is this love – Bob Marley

Para os amantes de Reggae, nada como a clássica Is this love, de Bob Marley, uma declaração de amor pra lá de alto astral e cheia de alegria, perfeita para traduzir a felicidade dos noivos num dia tão especial. “Eu quero amá-la e tratá-la direito, eu quero amar você a cada dia e cada noite. Estaremos juntos com um teto bem em cima das nossas cabeças…”

Nossa lista chegou ao fim, mas existem tantas outras músicas que caberiam aqui. Como sempre digo, a escolha da música deve sempre ser pessoal; quanto mais emocionar ao noivo, melhor, porque o fará de fato sentir todo o significado deste grande dia. Vale lembrar, também, que a música deve estar sempre de acordo com o local da cerimônia, portanto, contatem seu cerimonialista e seus músicos sempre e, de preferência, marquem uma reunião para definir o repertório e, assim, assegurar-se de que este será propício para o seu casamento.

Comente aqui quais canções você também acha que são uma boa opção para a entrada do noivo. Ah, você sabia que nós temos uma playlist no Spotify, cheia de músicas românticas para inspirar o casal? Não?? Corra lá e siga!! Além de ouvir, você também pode acrescentar suas músicas favoritas!!

E se você ainda não contratou os músicos de sua cerimônia, confira este post com algumas dicas!

Até a próxima! (:

A importante missão de apadrinhar

Casamento Natália e Mateus – Nova Friburgo/RJ

Veja mais fotos desse casamento aqui.

Quando começamos a pensar em casamento logo vem a pergunta: Quem escolher para padrinhos de casamento? Existem casais que já tem isso bem definido (já sabe quem será o padrinho de casamento antes mesmo de saber com quem se casará rs), mas se vocês estão com dúvidas de quem escolher, esse texto é para vocês!

Ser padrinho/madrinha de casamento é missão importante, muito mais do que testemunhas no Grande Dia, apadrinhar requer dedicação e participação na vida toda!

Na antiguidade os padrinhos (homens) eram amigos próximos do noivo e tinham a função de proteger a noiva. Eram guardiões que impediam que ela fosse sequestrada ou atacada. A partir do século XVI, os casamentos realizados na Igreja Católica tinham que cumprir três exigências: serem realizados em local sagrado, celebrados por um pároco e deveriam ter pelo menos duas testemunhas. Com o passar dos anos essas testemunhas se tornaram os padrinhos como conhecemos hoje.

Então, se você está na dúvida já pegue essas duas características para ajudar na escolha: Padrinhos devem proteger (cuidar, aconselhar, acompanhar) e testemunhar (para sermos testemunhas de algo, precisamos conhecer a fundo). Logo, padrinhos precisam ser pessoas que nos conhecem bem e que se preocupam conosco.

Acho que agora a gente já deu uma clareada nas coisas. Vamos continuar.

Para ajudar um pouco mais, façam uma reflexão e uma retrospectiva do relacionamento de vocês e percebam as pessoas que sempre acompanharam, aconselharam, se divertiram e contribuíram de forma especial, para que hoje, vocês pudessem estar organizando o casamento de vocês.

Sejam bem criteriosos, pensem nas pessoas que vocês querem manter por perto após o casamento. Com quem vocês podem contar desde uma visita com um delicioso jantar a pedir dinheiro emprestado se a coisa apertar.

Parte Prática no Grande Dia

Não existem regras que digam que vocês precisam de um número X de pessoas ou de casais, ou que o número precisa ser par. Para isso, não existem regras, então, eu vos convido a pensar, de forma prática, no dia do seu casamento.

Quanto maior o número de padrinhos, mais tempo levará para as formalidades, exemplo: se vocês convidarem um número grande de padrinhos (a cima de 10 casais) a cerimonia e as fotos protocolares levarão mais tempo, se vocês quiserem convidar de forma mais especial ou dar algum tipo de lembrancinha no dia, terão que destinar uma quantidade maior de dinheiro para esta finalidade.

Antes de montar a sua lista de padrinhos, eu te dou a seguinte dica: visite o cartório onde vocês farão a documentação do casamento, e se informem sobre a quantidade necessária de testemunhas para validação da documentação. E depois, caso for fazer cerimônia religiosa, se informe com o seu celebrante ou na secretaria da igreja que o casamento será realizado. Exemplo: quando me casei o cartório me pediu apenas duas testemunhas, e a igreja me pediu dois casais (sendo que se fossem casados, deveriam ser casados também na igreja católica), ou seja, eu precisava de pelo menos dois casais de padrinhos.

Uma outra característica que é bom que vocês observem é o local que será destinado aos padrinhos durante a cerimônia e a quantidade de pessoas que ele comporta.

Pensem com muito carinho nas pessoas que vocês vão convidar para desempenhar essa função tão bonita e importante, e com certeza não se arrependerão.

Espero que esse texto tenha ajudado a vocês. Deixe nos comentários caso tenham alguma dúvida ou sugestão. Se você já é casada e tem alguma dica para acrescentar e para ajudar ainda mais, fique à vontade o espeço também é seu.

Aproveite para visitar as outras categorias do blog clicando aqui.

Beijos e até a próxima.

Tradição: passar a Gravata

Passar a gravata durante a festa do casamento é uma tradição nos casamentos brasileiros e divide opiniões. Há quem entre na brincadeira e ache graça, mas existem aqueles que acham uma grosseria. Infelizmente, durante as minhas pesquisas não consegui encontrar a sua origem, mas o que posso afirmar (por experiencia própria)  é que o dinheiro arrecadado ajuda muito na Lua de Mel.

Então para evitar desconfortos durante a sua festa separei algumas dicas para você escolher como usar a tradição:

  1. Analise sua lista de convidados e o estilo do seu casamento, veja se usar essa tradição se encaixa no perfil.
  2. Você pode variar na tradição e usar outras “técnicas” para arrecadar, exemplo: “Sapato da Noiva”, “Venda de Mel”, “Vaquinha para a Lua de Mel”, “Leilão do Buquê da Noiva”, “Leilão de Uísque”, existem muitas opções para que a brincadeira se encaixe no perfil do evento.
  3. Não se esqueça de separar um local para colocar o dinheiro, pode ser uma bandeja, um cofre, um pote, as opções são variadas.
  4. Use adesivos para colar nos convidados que contribuíram, exemplo: “Patrocinador Oficial de Lua de Mel” ou “Operação Lua de Mel: Eu contribuí”
  5. Para fazer a brincadeira, escolha padrinhos e amigos que sejam divertidos, assim o clima ficará agradável e de total descontração.

Espero que as dicas sejam úteis para você e que a brincadeira ajude bastante!
Até a próxima semana.

Beijo

 

Casamento Cris e Pedro

Cris e Pedro – 21 de outubro de 2017 – Bom Jardim/RJ.

Hoje vou contar para você como foi um pouco do casamento lindão da Cris e do Pedro.

O casamento deles aconteceu no dia 21 de outubro numa manhã de muito sol, no sítio Vale do Rio Grande na entrada de Banquete.

Nós nos conhecemos desde a faculdade e antes mesmo dela ter a data do casamento marcada, eu já estava avisada que seria eu a fotógrafa (Uma honra!). O casamento deles foi bem “Faça você mesmo”, pois é, a noiva e noivo junto com os familiares fizeram praticamente tudo: bolo, bem casados, docinhos de mesa, lembrancinhas, arranjos, inclusive a própria maquiagem para o evento.  E em cada cantinho você podia ver um toque especial. Foram meses que eles dedicaram a preparar os detalhes.

Aproveito para desejar aos noivos uma vida cheia de felicidade! Minha gratidão pela confiança de vocês e por compartilharem comigo este dia.

Meu muito obrigada também para a Maressa Almeida por me ajudar na cobertura fotográfica desse dia especial.

Tudo ficou lindo e você pode conferir um resumo abaixo na galeria.

Até a próxima semana
Beijos