Posts

Festa Caipira – dicas para o que vestir

Há quem diga que festa caipira é o novo Carnaval. Os meses mais frios do ano sobem de  temperatura com as bebidas e comidinhas típicas dos arraiás… Para um evento tão especial no calendário brasileiro🤠, a gente tem que ir bem vestida, né não? Vamos com dicas pra lá de boas pr’essa festa animada.

Tradicional
Lembra das festas de escola em que a gente ia toda de sainha rodada, vestido e maria-chiquinha? Dá pra trazer isso tudo pra um look bem divertido, sem ser infantil. Muitas cores, fitas e babados deixam a roupa  alegre e à moda caipira.

Moderninha
Você quer trazer toda a tradição dos arraiás, mas com toque de modernidade? Vão aí algumas dicas:

– camisa + saia + bota
– xadrez colorido
– tecido chita
– chapéuzinhos de palha diferenciados
– laçarotes estratégicos

Cowgirl
Uma beca invocada, um pingente no chapéu…
Look total jeans, em tons terrosos ou com o clássico xadrez vermelho, arrematados por um belo chapéu de vaqueiro e lenço são escolhas acertadas para quem quer curtir o arraiá no estilo cowgirl.

Caipira Fashion
Se você não abre mão de marcar presença na festa, um look antenado com as tendências de moda é sua tour no mundo caipira. Detalhes e acessórios como laçarotes e fitas vão dar o tom da festa junina. Aproveita que a banda vermelha, por exemplo, está super em alta e combina muito bem com essa escolha.

SensuarRr
É época de ir pra barraca do beijo e encontrar o prometido em casamento. Quem quiser uma forcinha, só dar uma olhada nesses looks mais quentes e ir em busca do pretendente 😉

Dicas gerais:
é a época mais fria do ano! Lembre-se disso quando for em busca da sua roupa e acessórios;
meia calça é super aliada e dá pra brincar bastante com cores e texturas;
customizações ficam uma graça! Pense em reaproveitar alguma peça que você já tenha;
Lembrando que tudo isso que conversamos são dicas e ideias de inspiração. Festa caipira é uma delícia e aquela hora divertida para gente misturar tudo e aproveitar! E você, já pensou no que vestir nos arraiás?

Alavantú! Anarriê !

Hello pessoa,

Está chegando uma das minhas épocas favoritas do ano, se não A favorita!! Época de muita paçoca, pipoca, pamonha, canjica, doces e mais doces quentinhos e deliciosos… Época de reunir com a galera pra dançar quadrilha, ir na pescaria, pagar umas prendas… Aaaah, festas juninas, julinas, arraiás e afins… como eu amo ♥

A gente sabe que brasileiro nem precisa de muito motivo pra inventar festa, mas você sabia que a tradicional festa junina tem duas teorias quanto à sua origem do seu nome ? A primeira, diz que o nome vêm das festividades religiosas que ocorrem durante o mês de junho, em homenagem a Santo Antônio, São João, São Pedro e São Paulo. Já a segunda, diz que o nome tem origem nos países católicos da Europa, cuja homenagem é feita apenas a São João. No princípio, a festa era chamada de Joanina.

Há quem diga que a festividade foi trazida pelos portugueses ao Brasil, ainda no período colonial, e que em em sua composição havia muita influência de elementos culturais  de outros países. A quadrilha, por exemplo, tem alguns vestígios das danças nobres francesas, caracterizadas por serem muito marcadas. A tradição de soltar fogos de artifício veio da China, e, a dança de fitas, de Portugal e da Espanha.  

Todos estes elementos culturais foram, ao longo do tempo, misturando-se aos aspectos culturais dos brasileiros (indígenas, afro-brasileiros e imigrantes europeus) nas diversas regiões do país, tomando características particulares em cada uma delas.  É o que se pode observar na implantação do Baião e do Forró às danças, em algumas regiões do Nordeste e do Boi-Bumbá, no Norte do país, por exemplo, assim como, a presença de pratos típicos feitos à base de mandioca (aipim), jenipapo, leite de coco, etc.

No Rio de Janeiro, no decorrer das famosas quadrilhas, costuma-se acrescentar alguns medleys com músicas do cenário pop à coreografia, numa tentativa de misturar a tradição junina ao repertório popular atual em nosso país.

Sendo como for, Festa Junina é sinônimo de alegria e diversão. Por isso, arrase no visual, pule fogueira, dance quadrilha, viva a cultura riquíssima de nosso país!

Aproveite o embalo e crie uma playlist junina pra você marcar aquele arraiá com os amigos! Conta pra mim, qual música não pode faltar no seu Arraiá?

Beijos de luz e até a próxima

Festa Junina caseira

Anarriê leitoras, estamos na época dos festejos juninos, com o típico arraiá, quadrilha e quentão, esse será o nosso tema de hoje. As comidinhas juninas são super simples e deliciosas, com cara de casa de avó na roça. São compostas de ingredientes como milho, amendoim, coco ralado, batata, tapioca e etc. Existem diversas opções como salsichão, bolo de milho, pipoca, canjica doce, entre outros quitutes. Se você não tem nenhuma festa junina grande de família ou amigos, vou te dar dicas para preparar um mini arraiá em casa mesmo, para você não deixar esta festividade passar em branco. A minha proposta é um evento de 10 a 20 pessoas, que você possa fazer as comidas sem muito trabalho e com a ajuda dos amigos.

Primeiro, as comidas de festa junina são geralmente quentes, pois estamos no inverno e ninguém merece ficar a festa toda esquentando caldos na boca do fogão, a minha dica é utilizar a panela de fondue para manter estes alimentos quentes durante a festa. Como na foto abaixo, mini cachorros-quentes, fáceis para os convidados se servirem sozinhos, o molho com mini salsichas é mantido na panela de fondue, mantendo tudo quentinho. Você pode fazer um caldo verde e uma canjica doce, pedir umas panelas de fondue emprestado aos amigos e assim você tem uma mini mesa de caldos quentes. Só lembre de comprar álcool em gel para poder acender e manter o fondue aquecido.

Débora Nunes, Gemelares.com.br

Continuando com as dicas práticas, opte pelos petisco para complementar as comidinhas da festa. Substitua o angu baiano, por pasteizinhos de angu com carne moída, o salsichão você pode cortar em rodelas médias e espetar no palito de dente, e deixar acomodado em cima da farofa, para tapioca faça dadinhos de tapioca que são deliciosas e simples de fazer, se você tem uma airfryer você pode fazer estas 3 opções sem problemas e sem gordura pela casa. O milho não pode ficar de fora da sua festa, faça espigas de milho pequenas cozidas e espete no palito de churrasco, você pode fazer também um balde de pipoca, afinal quem não gosta de pipoca?

Yluska, senhorainspiracao.blogspot.com

Para os doces, invista nos bolos, doce no copinho, e brigadeiros. Nada melhor que um bolo de milho com coco ralado bem molhadinho, pamonha de copinho, brigadeiro de paçoca ou aquelas paçoquinhas prontas espalhadas pela mesa, um brigadeiro de canjicão, beijinho, pé de moleque de chocolate e etc. Não precisa exagerar nas quantidades, uma receita de cada variedade já vai atender a todos os convidados.

A minha dica final é reúna as amigas e amigos na véspera para preparar as comidinhas, todas são simples de preparar e juntos tudo fica pronto rapidinho. Combine de cada um levar a sua bebida e dar uma contribuição em dinheiro para comprar os ingredientes. No dia, faça uma decoração simples e só esquente e frite as gostosuras perto da hora do evento, arrume tudo na mesa e depois só curta a festa sem preocupações. Vamos festejar, dançar e esquentar o frio meu povo!