Posts

Ser mãe

Ciana e Luana, Nova Friburgo/RJ

Oi gente bonita!!! Olha eu chegando aqui de novo e com um momento reflexão recheado de encanto! Nessa época em que comemoramos, mais uma vez, o dia das mães, achei muito válido trazer algo relacionado com essa tarefa tão valiosa de cuidar, de se doar, de amar acima de todas as coisas. E diante disso, não encontrei maneira melhor do que este fabuloso poema de Bráulio Bessa! (também existe o vídeo em que o Bráulio declama este poema, vale a pena assistir!)

E agora deixo você em excelente companhia. Mergulhe nesse mar de sabedoria! Se encante de verdade com essas lindas palavras e com tão profunda mensagem pra vida! Boa leitura!

Dar à Luz

Dar à luz a uma criança é iluminar os seus dias

dividir suas tristezas somar suas alegrias

é ser o próprio calor naquelas noites mais frias

Dar à luz é estar perto, é sempre chegar primeiro

é ter o amor mais puro, mais honesto e verdadeiro

amar do primeiro olhar até o olhar derradeiro

Dar à luz é se estressar, é não conseguir dormir

é ser quase odiado por dizer, não vai sair

Dar à luz é liberar, mas também é proibir

Dar à luz é ser herói com papel de vilão

é saber regrar o sim e nunca poupar o não

não é traçar o caminho, é mostrar a direção

Dar à luz é ser presente nos momentos mais cruéis

é ensinar que os dedos valem mais do que os anéis

é mostrar que um só lar vale mais que mil hotéis

Dar à luz é se doar, é caminhar lado a lado

é a missão de cuidar, de amar e ser amado

é ser grato por um dia também ter sido cuidado

é conhecer o amor maior que se pode amar

é a escola da vida que insiste em ensinar

que pra dar à luz a um filho não é preciso gerar

é entender que neste caso o sangue é indiferente

duvido o DNA dizer o que a gente sente

é gerar alguém na alma e não biologicamente

pois não tem biologia e nem lógica

para explicar o amor de pai e mãe

não se resume em gerar

quem gera nem sempre cuida, mas quem ama vai cuidar

vai cuidar independente da cor que a pele tem,

da genética, do sangue

o amor vai mais além

o amor tem tanto brilho

que quem adota um filho

é adotado também!

Músicas para o Dia das Mães

Nova Friburgo/RJ

Hello pessoa,

O Dia das Mães está chegando e é claro que eu não poderia deixar de homenagear nossas mamães por aqui, né? Portanto, resolvi separar algumas músicas para que a gente possa dedicar à elas ou então preparar uma surpresinha e arrasar na homenagem! Vamos lá!

Um clássico do rei, a música Como é grande o meu amor por você é, até hoje, uma das mais pedidas quando se trata de falar de amor; não é à toa que a fofa da Rafa Gomes, finalista da primeira edição do The Voice Kids, escolheu a canção para homenagear sua mãe. Olha que linda que ficou esta surpresa!

A canção Trem-Bala, composta pela cantora Ana Vilela, virou hit em 2017; tanto, que em Maio do mesmo ano, a artista fez uma nova versão de seu maior sucesso, desta vez para ser tema da campanha do Dia das Mães do Banco do Brasil. Confira o vídeo da Campanha e o resultado desta adaptação!

Outro dia, nas minhas pesquisas para escrever este texto, encontrei Mãe, uma linda canção do cantor gospel Sergio Saas e fiquei super emocionada; a letra é surreal de tão linda! Seguindo pelas músicas religiosas, também encontrei essa homenagem que o Padre Fábio de Melo fez para sua mãe, no meio de um show seu, cantando nada mais, nada menos que Apenas mais uma de amor, sucesso de Lulu Santos.

Agora, se sua mamãe é daquelas que adora a mulherada do sertanejo, recomendo a música Obrigado Mãe, da cantora Naiara Azevedo.

Também do mundo sertanejo, a música Ciclo, da dupla Jorge e Mateus é uma linda opção para presentear a mamãe neste dia tão especial!

Para as mamães Rock’n’roll, a canção Mother, da banda Pink Floyd é uma boa pedida. Outra dica também é Mama Said, da Banda Metallica.

Para as amantes da MPB, a canção Mãe, de Caetano Veloso fala da saudade de um filho que, longe de seu lar, se via na solidão. Esta música retrata um possível sentimento do autor durante o tempo em que permaneceu exilado. Outra canção inspiradora para este dia é a 1º de Julho, composta por Renato Russo em homenagem à Cássia Eller, que se tornou mamãe exatamente neste dia. A letra fala da relação entre mãe e filho e a forma como balancear tais sentimentos, principalmente a partir do momento em que a vida dos dois se toca e surge o ser, MÃE.

São muitas as formas de homenagear as nossas mães e isso vale para o ano inteiro, viu? Claro que, no Dia das Mães, encontramos um tempo especial para celebrar a data e passar aquele Domingo em família, mas, que a gente não dependa só de um dia para dizer às nossas mamães o quanto elas são amadas e especiais!

Para encerrar, a Poesia com Rapadura de Bráulio Bessa em homenagem às mães!

Feliz Dia das Mães!! ♥

E aí, curtiu as dicas?

Conta pra mim qual foi a sua preferida ou se você tem alguma outra música para compartilhar com a gente!!