Por onde começar o planejamento de um casamento?

Olá pessoal, meu nome é Cintia Breder, sou formada em publicidade e apaixonada por eventos, entre eles casamento.

Por conta dessa grande paixão surgiu a Cintia Wedding Planner, uma empresa que trabalha com assessoria e cerimonial de casamentos, aniversários, formaturas.

Hoje vamos falar sobre como planejar um casamento.

Depois do noivado ficamos extremamente ansiosas para resolver TOOOODAS as coisas do casório. No início parece algo tão fácil e tão simples (Só que não).

Planejar um casamento não é simplesmente fechar o buffet, decoração, igreja e vestido. Existem alguns itens determinantes, que precisam ser pensados antes de fechar qualquer contrato e é sobre eles que falaremos abaixo.

O primeiro item que os noivos devem pensar é sobre valores, começando com a renda dos dois, avaliando o valor que os dois recebem, calculando as dívidas fixas e os extras. Caso o casal possua alguma quantia guardada que será utilizada no casamento ela também poderá entrar nessa conta.

Ao somar todas as dívidas e gastos extras o casal terá uma média de valor mensal a ser direcionado para o casamento e a partir desse valor vocês poderão ter uma base da quantia disponível para o casamento.

 

Nessa planilha de valores, também poderá ser acrescentado as ajudas financeiras que vocês receberão, ou seja, se a família do noivo ou da noiva vai ajudar com algum valor, isso poderá ser somado ao total que vocês calcularam acima.

O segundo passo será definir a estrutura do casamento e o que vocês pretender fazer no dia do evento (leia bem, PRETENDEM, pois muita coisa muda no decorrer do planejamento).

Uma estrutura básica de itens e fornecedores consistem em:

  • Contratar uma assessoria de casamento ou um cerimonial do dia (se for assessoria, ele deverá ser o item número um)
  • Lista de convidados
  • Igreja (ou local para a cerimônia)
  • Local para a festa
  • Buffet
  • Foto
  • Filmagem
  • Vestido de noiva
  • Decoração 
  • Músicos
  • Lembranças
  • Dia da noiva
  • Terno do noivo
  • Buquê
  • Acessórios da noiva
  • Outros (Cabine de fotos, entretenimento, itens para a pista de dança e etc.)

Após definirem o que terá no casamento, é a hora de verificar os orçamentos dos fornecedores.

Dica: após receber um orçamento de um fornecedor, verifique seus antecedentes. Pesquise sobre ele, pergunte à algum conhecido se já viu o trabalho dele, veja as festas que ele já realizou, assim você evitará possíveis transtornos futuros.

Após coletar todos os orçamentos, vocês deverão avaliar se tudo o que pretendiam ter no casamento será possível ou não. Caso não seja, é a hora de priorizar.

Vocês podem começar por cortes na lista de convidado ou mudar o cardápio do buffet, ou até mesmo fazer as lembranças e alguns itens da decoração em casa.

Essa parte de priorização é um acordo entre os noivos, ele deverão avaliar o que é extremamente essencial e o que não é (pense assim: se não tiver isso no meu casamento não vai fazer falta e não morrerei por isso rs.)

Gostaram das dicas? (deixe nos comentários a sua opinião, dúvida ou sugestão de temas que gostaria de encontrar aqui no Blog)

Isso é uma estrutura básica para se organizar um casamento, mas existem muitos detalhes que requerem a ajuda de um profissional, por isso não deixem de contratar uma assessoria ou um cerimonial, vocês verão a diferença da atuação desse profissional. Sobre como escolher cada profissional nós falaremos no próximo post, começando é claro pela assessoria de casamento.

Até lá.