Crianças, um valioso caminho de desafios

Nessa última semana do mês de Outubro, vamos refletir um pouquinho sobre pessoas bem especiais?

É o mês das crianças e não podemos deixar de dedicar um tempo aqui no blog a elas. Figuras especiais que nos cercam com seus encantos, alegram nossa vida e nos desafiam bastante na hora de educá-las. Por isso, vou listar algumas dicas importantes sobre como lidar com nossos pequenos, tanto nas permissões, aplausos e aprovações, quanto nos limites, desaprovações e disciplina.

Sem dúvida o amor é o melhor caminho para guiarmos nossas crianças em todo o processo de sua formação. Precisamos ser amigos de nossos filhos, sempre, mas há um limite tênue entre essa amizade e a autoridade sobre eles. Não podemos ser passivos o tempo inteiro, pois isso resultará na inversão de autoridade, a criança passa a dominar e podemos criar indivíduos impacientes e egocêntricos. E na verdade, ser amigo é ser duro também, querer o bem do outro e muitas vezes chamar a atenção, certo? Então, para os limites serem compreendidos pelas crianças é fundamental direcioná-las com firmeza, seriedade e carinho. Sem dúvida não deixarão de se sentir amadas, respeitadas e entenderão que tem valor o que ensinamos a elas.

Para ficar mais fácil esse enorme desafio de educar, é fundamental conhecer seu filho e ter empatia por ele, se interessando pelas fases em que ele se encontra e pelo que ele está sentindo, vivendo e percebendo.

Lembre-se de que não há receita mágica que garanta cem por cento de sucesso, cada criança é um ser em formação e que tem sua maneira particular de perceber o mundo, então o que funciona pra um pode precisar de ajustes para funcionar para o outro, ou então o que não funciona num dia/momento pode funcionar melhor no dia seguinte ou daqui uns minutos. Por isso, é crucial ter paciência e insistir. Buscar ajuda, apoio e informações adequadas também reforça os bons resultados.

São muitos fatores e isso requer muito tempo de orientação e acompanhamento, mas consegui reunir passos básicos que já auxiliam bastante. Escreva aí nos comentários suas dúvidas que terei grande alegria em responder.

Sinal Verde

Sinal Vermelho

Explique sempre com exemplos e visualizações. Cuidado com excessos de cuidado  ou brigas desnecessárias.
Dê responsabilidades de acordo com cada idade. Não faça o que seu filho já pode fazer sozinho.
Converse – saiba como falar, orientar e ouvir. Evite gritar. Ser firme e manter autoridade não precisa de gritos ou palmadas.
Parabenize os esforços diante de conquistas, mesmo pequenas.

Seja coerente com sua linguagem verbal e não verbal – você é o maior exemplo.

Não ignore, mas também não supervalorize. Seja verdadeiro, sem exageros.

Não ache graça do que mais tarde pode ser um comportamento muito feio.

Permita algumas escolhas (por exemplo: entre duas roupas escolher uma, entre 3 brinquedos escolher um). Não atenda vontades em momentos de pirraça.
Estabeleça uma rotina a ser cumprida e valorizada. Não superproteja ou coloque medo pra que seu filho te obedeça.
Mantenha a sua palavra. Não volte atrás depois de dizer “não”, a menos que seja explicado para a criança de forma coerente o porquê da mudança.

Sou Psicóloga clínica formada em Terapia Cognitivo Comportamental e Psicologia Positiva e pós graduanda em Psicologia Hospitalar e da Saúde na PUC-RIO.

Cuidar da dor do outro, compreender suas aflições e ajudá-lo a ampliar seu olhar diante da vida testando todas as possibilidades de ser mais feliz é o foco do meu trabalho. Por isso, gosto de incentivar as pessoas a encontrar o melhor de si mesmas no dia a dia e ousarem ir além de suas limitações, para que assim elas possam descobrir o valor e a força que possuem.

Trabalho com Psicoterapia de crianças e adultos; e tenho um projeto chamado Moveres Superando Desafios que vem se desenvolvendo com o objetivo de garantir informações e orientações sobre Saúde e Psicologia, além de promover incentivo para viver melhor a cada dia com reflexões e dicas para o seu bem estar!

Enfim, espero contribuir da melhor forma para que você nunca desista de lutar pela sua felicidade. Jamais perca o brilho nos olhos, a alegria na alma e a força para vencer as dificuldades do caminho.

VIVA BEM O HOJE!