Contratando o Buffet

Gridstarcenter.org

Olá querida leitora!

Hoje, vamos falar sobre um assunto que abrange várias de vocês aqui, vamos falar sobre contratação do buffet para seu evento, uma vez que o buffet abrange praticamente 60% do serviço da sua festa.

Então vamos lá, como me organizar na escolha do Buffet?

  1. Procurar com antecedência: para que se tenha tempo de pesquisar preço e analisar as propostas oferecidas pelo serviço;
  2. Buscar referências com amigos e parentes sobre o serviço prestado pelo Buffet antes de fechar o contrato;
  3. Visite pessoalmente o local do buffet e combine uma prova do cardápio. E, se possível, participe de uma festa antes que ofereça o serviço;
  4. Verifique se a empresa possui todos os Alvarás de funcionamento necessários ao bom desempenho da sua festa e se ela segue as especificações determinadas pela Anvisa;
  5. Outra dica importante, é verificar se a empresa tem alguma reclamação junto ao Cadastro Nacional de Reclamações Fundamentadas do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor – DPDC;
  6. Na hora de fechar o contrato, certifique-se que TODOS os detalhes estão descritos, como o que será servido, a quantidade de funcionários disponíveis no dia, tempo de duração do serviço, valor, condição de pagamento acordada, ou seja, TUDO aquilo que acordar verbalmente deve ser colocado no contrato de forma escrita e clara.
  7. Leia o contrato, risque os espaços em branco e solicite uma via do documento assinado pela empresa contratada. Se alguma cláusula não estiver de acordo com o que foi combinado, não assine o documento antes da sua regularização.

Após verificar todos esses detalhes e escolher o buffet, caso tenha algum problema com o serviço contratado, o Código de Defesa do Consumidor garante à você que:

  • O cumprimento forçado da obrigação, nos termos do contrato (por isso é muito importante que o contrato seja muito bem elaborado!);
  • Aceitar outro produto ou prestação de serviço equivalente;
  • Rescindir o contrato, com direito à restituição da quantia paga, com atualização monetária.

E se o serviço apresentar problemas na qualidade e que o torne impróprio para consumo, o consumidor poderá:

  • Reexecução do serviço, sem custo adicional quando cabível;
  • Restituição imediata da quantia paga, com atualização monetária e eventuais reparações dos danos morais e materiais suportados.

Caso não tenha como aplicar nenhuma das alternativas acima, você deve buscar a reparação ingressando judicialmente com uma ação.

Mais uma vez, minha maior dica é que fique muito atenta ao contrato que fizer, ele será seu maior aliado sempre!

A Cintia Breder também falou sobre o Buffet nesse artigo aqui.

Deixe seu comentário e sua dúvida aqui!

Beijinhos