Amor: o maior cultivo da vida

Amar e ser amado é a principal busca para a realização da nossa vida, não é?! Seja amor familiar, conjugal ou de amizade. Vida sem amor não tem sentido, pois tudo a nossa volta gira em torno do amor, do carinho, do encanto, do respeito, da reciprocidade.

Nossa essência é viver em busca da felicidade. E nesse caminho, os primeiros passos que damos estão na direção do contato com outro alguém. Nascemos para viver em sociedade, portanto buscamos constantemente o olhar de aprovação do outro, o cuidado do outro conosco e a certeza de fazermos parte de um todo comum. É isso que nos faz mais vivos, mais gente, mais felizes. Como já diz muito claramente a música: “é impossível ser feliz sozinho.” E o que está na base dessa busca? Sim, o Amor.

Sendo assim, entendemos que Vida sem Amor não é Vida, e Amor sem Vida não é amor. Ambos se complementam viu só? No entanto, não é tão simples viver nessa lógica de modo pleno. É preciso muita habilidade para poder cultivar o amor em todos os momentos da vida. E para um bom cultivo é preciso capricho do início ao fim. No preparo da terra, na maneira de plantar a semente, no regar e zelar para o bom crescimento da planta, na paciência até a colheita e ainda no cuidado para não perder as raízes e então novas mudas crescerem.

O amor é a planta mais valiosa que temos e a que traz os melhores frutos para nossa vida. Não é pouca coisa não.  Com ele nossos relacionamentos são sempre serenos e produtivos, nossos compromissos são mais sólidos, nosso olhar é mais compreensível.

No texto da semana passada, eu falei de alguns tópicos importantes para manter bons relacionamentos, confere lá que vale a pena e tem tudo a ver com essa base de amor que precisamos manter em nossas relações. E quero trazer aqui uma reflexão valiosa:

  • Como anda a sua busca por amor?
  • Como anda o cultivo do Amor no terreno da sua vida?
  • Como andam sua plantação e sua colheita?

Lembre-se do quanto é importante levantar questionamentos a si mesmo para o crescimento pessoal e para uma vida transformada e mais feliz. E vamos em frente, amando mais, amando melhor e amando acima de tudo – o outro, a vida e a si mesmo.

Beijo no coração.