A música no combate ao câncer de mama

Abril Saúde

Hello pessoa, tudo bem?

Neste mês -além das nossas dicas semanais aqui no blog – dedicamos alguns de nossos posts à campanha Outubro Rosa, que incentiva e estimula a população no combate e prevenção do câncer de mama. E quando se trata de luta, combate e estímulo, a música vem para dar aquela despertada nos sentimentos e nos fazer acreditar que podemos vencer qualquer coisa, com fé e perseverança. Pensando nisso, resolvi trazer alguns fatos que comprovam a importância da música no tratamento do Câncer.

Uma pesquisa do Programa de Oncobiologia da UFRJ expôs uma cultura de células MCF-7, ligadas ao câncer de mama, à meia hora do primeiro movimento da Quinta Sinfonia de Beethoven (Ouça aqui). Uma em cada cinco delas morreu, numa experiência que visa o desenvolvimento de terapias musicais para combater a doença, por meio de timbres e frequências.

Num primeiro instante, o objetivo é encontrar formas mais eficientes e menos tóxicas de combater o câncer, uma vez que os processos de quimioterapia e radioterapia geram um grande desgaste ao paciente. Futuramente, com a utilização e desenvolvimento de métodos e técnicas de musicoterapia, o uso de frequências sonoras pode ser um grande aliado dos pacientes e tão eficaz quanto aos tratamentos “convencionais”.

Segundo Márcia Capella, do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho –  e coordenadora do estudo -, a estratégia de usar a musicoterapia “costuma ser adotada em doenças ligadas a problemas psicológicos, situações que envolvam um componente emocional”. “Mostramos que, além disso, a música produz um efeito direto sobre as células do nosso organismo”.

Para saber mais, leia a matéria completa aqui.

O que mais me instiga nesta pesquisa é a busca constante de experiências com uma diversidade de gêneros musicais, visando conhecer os efeitos que cada um possa provocar nas células cancerígenas. Talvez estes resultados possam trazer a opção de um tratamento realizado a partir da apreciação e escuta das canções favoritas de cada paciente.

Já pensou que lindo seria? Já estou ansiosíssima e acompanhando cada passo.

Na próxima semana, trarei uma lista com algumas canções e sua relação com o tratamento do câncer. Aproveita e deixa o seu comentário. Vou adorar saber o que você achou desta pesquisa.

Beijos de luz!

Sou Cantora e Professora de Canto, licenciada em Música pela Universidade Cândido Mendes e proprietária do Espaço Cultural Colibri. Música é a minha melhor maneira de contribuir para um mundo mais humano e para  transformar a vida das pessoas em momentos únicos, repletos de emoção e muita alegria! Temos música para todo momento e meu foco, aqui no blog, é mostrar que, há sempre o que aprender e que temos um lindo universo a descobrir, afinal, engana-se quem pensa que a música limita-se em ser apenas uma arte. É MUITO MAIS que isso! Trabalho dando aulas de Canto em algumas escolas em Nova Friburgo-RJ e tenho um espaço em parceria com a Produtora Audiovisual Colibri, o Espaço Cultural Colibri, onde, junto a um time de professores e queridos amigos, nos empenhamos para ensinar Música de “dentro para fora”, ou seja, criando, em cada um de nossos alunos, primeiro uma relação de experimentação e afinidade com a arte, a fim de garantir um aprendizado mais significativo e ainda mais prazeroso. Nosso intuito é criar artistas responsáveis com sua missão! Fazê-los, encontrar sua própria verdade dentro de cada um de seus trabalhos! Que tenhamos excelentes momentos de aprendizado e muita alegria para compartilhar juntos! Contem comigo! Voe alto!